Vereadora Sol por Louise Benassi

“CAUSA ANIMAL É APENAS UMA DE MINHAS BANDEIRAS”, DIZ VEREADORA SOL DAPPER

O Jornal nos Bairros conversou, essa semana, com a vereadora de Navegantes Sol Dapper (DEM). Ativista da causa animal, a vereadora afirmou que sua luta não será apenas pela proteção animal e meio ambiente, mas principalmente pelas demandas da saúde, mulher e infância. Confira a entrevista. 

Jornal nos Bairros: Você foi eleita vereadora levantando a bandeira da causa animal. O que a causa representa para você?

Vereadora Sol: Na verdade, minha bandeira é o cuidado com vidas. Muitas pessoas me conhecem pela luta em prol da causa animal, desde 1999, outras me conhecem pelo trabalho social em prol de pessoas doentes e carentes. A causa animal é algo que me comove muito, porque os animais não falam, eles só têm o olhar triste para nos pedir socorro. Me sinto a porta-voz deles, eu e todos os voluntários da causa animal.

Jornal nos Bairros: Ainda há muito o que avançar na proteção animal no município?

Vereadora Sol: O município de Navegantes tem uma lei de proteção animal que é referência para o Brasil, porém, não é cumprida na sua totalidade. A falta de políticas públicas para essa causa e o fato do município não conseguir cumprir o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado junto ao Ministério Público, para a garantia de procedimentos, como captura, guarda e controle de natalidade de animais de rua, foram alguns dos motivos que me levaram a disputar uma vaga no legislativo. Estou muito otimista nesse início de mandato.

Jornal nos Bairros: Além da causa animal, você tem um trabalho reconhecido na área social, com ações para ajudar no tratamento de saúde, principalmente de crianças. A área da infância também será uma causa sua como vereadora?

Vereadora Sol: Sim! Infância e mulher.

Jornal nos Bairros: Por se falar em infância, o município investe um valor muito alto na construção e locação de creches, no entanto o número de vagas nunca é o suficiente. Você acha que falta no município uma maior atenção e investimento em políticas públicas voltadas ao planejamento familiar (aceso à informação nas escolas e postos de saúde, maior investimento pelo SUS nas cirurgias de laqueadura, colocação de DIO, vasectomia, etc.)?

Vereadora Sol: Falta sim, mas acredito que o Prefeito está atento a esse assunto e tem projetos. Já aqui na Câmara, a Procuradoria da Mulher fará um bom trabalho neste sentido. Vale lembrar também que esse é apenas um dos fatores, há também a questão da falta de planejamento do município com relação ao seu crescimento expressivo, mais empresas, mais moradores na nossa cidade, e por lógica, precisamos de mais escolas. Com relação às creches, também é bom lembrar, a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho prevê que empresas que tenham no seu quadro de funcionários um número de 30 mulheres com mais de 16 anos de idade devem criar creches próprias ou providenciar vagas na rede particular. Muitas famílias chegam em nossa cidade em busca de um futuro melhor, porém nem sempre planejam essa vinda, como providenciar escola, casa… Sou a favor de criar campanhas de conscientização também nesse sentido.

Jornal nos Bairros: Quais outras demandas do município merecem maior atenção? Por quê?

Vereadora Sol: Sou uma defensora da saúde única e do meio ambiente agradável a todos, e a efetivação dessas políticas públicas envolve, com certeza, todas as secretarias do nosso município, logo, toda demanda carece de atenção especial.