Professor Elvis Roni de Navegantes

‘‘A POPULAÇÃO PRECISA DE SERVIÇOS E SOLUÇÕES MELHORES, E NÃO PROBLEMAS E DIFICULDADES’’

Nesta semana a redação do Jornal nos Bairros contou com a presença do professor Elvis Roni Bucior. Ele afirmou que é pré-candidato a prefeito de Navegantes pelo PRTB e pretende concorrer ao cargo de chefe do executivo navegantino. Confira a entrevista na íntegra.

JORNAL NOS BAIRROS: Quem é Elvis Roni Bucior?

Elvis Roni Bucior: Um cidadão disposto a participar do processo eleitoral, mesmo ciente de todas as barreiras e limitações. Tenho 37 anos, sou natural de Xanxerê, cristão, casado com a Caroline e papai da Alice (ambas Navegantinas). Resido no Pontal (desde 2017 e em Navegantes desde 2013), e aqui trabalho desde 2006, na Faculdade Sinergia (professor de ensino superior), entre outras empresas. Sou administrador (CRA/SC 11.914) e mestre em administração, pela Univali, onde também lecionei. Sempre atuei na iniciativa privada, em segmentos diversos, principalmente na área administrativa. Também desenvolvo soluções e sistemas. Mas tive experiências importantes no poder público: como Coordenador na Fundação Municipal de Esportes (poder executivo) e Assessor Parlamentar, Diretor de Gabinete da Presidência e Diretor Financeiro (atualmente) na Câmara de Vereadores (poder legislativo), além de participar de Conselhos Municipais em Balneário Camboriú, onde residi com meus pais e irmão (de 97 à 2012). No meu site (www.elvisroni.com.br) procuro expor mais informações.

JORNAL NOS BAIRROS: Por que você decidiu colocar o seu nome como pré-candidato a prefeito de Navegantes?

Elvis Roni: Por vários fatores, mas principalmente porque é necessário. Não é uma questão de querer ou de pensar como carreira política, mas sim de entender que a participação, envolvimento e comprometimento de todos é necessário e urgente.
A população precisa de alternativas melhores. A cidade não merece estar como está, e para muitas pessoas, não se tem perspectivas positivas. “São sempre os mesmos”. Além disso, sempre incentivei as pessoas a participarem, e quando recebo o convite, poderia negar? Nosso filhos precisam de nós AGORA, e no futuro irão nos cobrar. Acredito que Deus tem propósitos, e por isso preciso seguir.

JORNAL NOS BAIRROS: O PRTB de Navegantes tem uma nominata pronta para concorrer às eleições? Vocês tem um nome para vice?

Elvis Roni: Sim, com pré-candidatos novos, também cansados do modelo de político atual, que entendem a necessidade de mudança, buscando sempre uma forma íntegra e legítima, e cientes da responsabilidade que isso envolve. Já temos um nome para vice, que em breve será divulgado.

JORNAL NOS BAIRROS: As redes sociais mostram rejeição aos principais nomes na disputa para prefeito de Navegantes. Você acha que haverá surpresas nas urnas?

Elvis Roni: Espero que sim.

JORNAL NOS BAIRROS: Quais áreas da administração pública seriam suas prioridades? O que precisa ser feito para Navegantes crescer?

Elvis Roni: É preciso entender que TODAS são importantes, e impactam ou impactarão a vida de TODOS, direta ou indiretamente. Mas entendo que há duas prioridades: (a) a saúde, por se tratar da vida das pessoas em momentos de fragilidade, e que infelizmente está precária; (b) a administração pública.
Precisamos urgente de uma gestão mais profissional, aplicando suas funções (planejamento, organização, liderança e controle) em todas as áreas, e valorizando e buscando, com mais afinco, a aplicação dos princípios da Administração Pública, o “LIMPE” (legalidade, impessoalidade, moralidade, transparência e eficiência). Com isso se atingirá e melhorará todas as áreas. A população precisa de serviços e soluções melhores, e não problemas e dificuldades. Os empresários não podem mais ser atrapalhados, afinal, são eles que verdadeiramente geram empregos. Os servidores precisam ser respeitados. Mas enfatizo: o crescimento precisa ser SUSTENTÁVEL, com equilíbrio entre o desenvolvimento econômico, o respeito às pessoas e a preservação do meio-ambiente.

JORNAL NOS BAIRROS: Você é novo no cenário político atual e estamos a meses das próximas eleições. Como fazer para superar os políticos que brigam pelo principal posto do executivo navegantino?

Elvis Roni: Conhecendo e entendendo o contexto político local, os partidos, os candidatos, os eleitores, as influências, os interesses, enfim, sabe-se que é um grande desafio.
No modelo de política tradicional, faz-se muitas negociações para coligações, promete-se cargos, “compra-se” apoios.
Penso que é preciso fazer diferente, desde o início. Então, é preciso buscar se tornar conhecido e, principalmente, ser considerado uma opção melhor. Mas a população precisa, no mínimo, querer conhecer outras propostas, e estar disposta a fazer escolhas com critérios diferentes, pensados e discutidos.