PREFEITO FALA SOBRE OBRAS, ATAQUES AO SEU GOVERNO E CAPACIDADE DE ENDIVIDAMENTO

A reportagem do Jornal nos Bairros esteve, essa semana, conversando com o prefeito Emílio Vieira, em seu gabinete. O chefe do Executivo municipal respondeu a vários questionamentos a respeito das obras que estão sendo realizadas e as que pretende fazer, além de esclarecer temas que são levantados nas redes sociais. Confira a entrevista na íntegra.

JB: Muita gente duvidou, inclusive alguns vereadores, de que o projeto de R$ 19 milhões da Beira Rio iria sair e hoje ele é realidade. O senhor sente-se orgulhoso dessa conquista?

Prefeito Emílio: Sim. Não só eu como toda a equipe da administração, pois trabalhamos para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Esta obra é super importante pois priorizamos a segurança dos pedestres, ciclistas e motores. que irão transitar com mais segurança nesses cinco quilômetros e seiscentos metros de via estruturante, do bairro Machados até o São Domingos (em frente à empresa Leardine).
É bom salientar que além da segurança no trânsito, haverá também a valorização de toda aquela região, pois os empreendedores irão ver as ruas Itajaí, José Francisco Laurindo e Orlando Ferreira, como vias ainda mais interessantes para ampliar os seus negócios, devido a nova estrutura implantada pelo município.

JB: Já há recursos para a execução da obra do binário do aeroporto? Qual a importância dessa obra para a cidade?

Prefeito Emílio: Sim. Parte desses recursos já estão garantidos. São 4,6 milhões da licitação da folha de pagamento da prefeitura mais 1 milhão, 680 mil da parcela do rateio do repasse das áreas do pré-sal. Esta obra já foi licitada essa semana no valor de mais de sete milhões. A importância da obra é a reestruturação dos acessos ao aeroporto como também a segurança dos usuários e a valorização imobiliária, fazendo com que mais negócios sejam implantados nessas vias que compõe o binário.

JB: Quais as principais obras que estão sendo realizadas e as que ainda iniciarão nesse ano pelo município?

Prefeito Emílio: As principais obras são as que estão acontecendo, como os cinco quilômetros e seiscentos metros da Beira Rio e o binário do aeroporto. Teremos também o complemento de 230 metros do molhe do Gravatá, onde será feita toda uma estrutura com iluminação e equipamentos urbanos, tornando ali mais um ponto turístico da nossa cidade; a reforma geral da Praça do Bairro Gravatá; a pavimentação asfáltica com calçadas padronizadas, ciclovia, reformulação da Praça Central de Nossa Senhora dos Navegantes e sinalização das ruas Nereu Liberato Nunes, Av. Conselheiro João Gaya, Avenida Santos Dumont, Presidente Nereu Ramos, 26 de Agosto e João Emílio, que vão da Avenida Beira Mar (Pref. Cirino Adolfo Cabral) ao acesso do Ferry Boat; várias escolas e creches que vamos inaugurar ainda no primeiro semestre deste ano, assim como a construção de novas escolas e creches que vão começar também nesse primeiro semestre; construção de três reservatórios com capacidade de armazenamento de três milhões de litros de água nos bairros Meia Praia, Machados e São Domingos; reestruturação interna do Centro Integrado de Cultura. Trabalharemos também na questão da saúde, implantando a Policlínica do Gravatá, com atendimento até às 22 horas e a ampliação do horário de atendimento da Policlínica de Machados (de segunda a sexta-feira, das 18h até as 7 da manhã) e inauguração do Centro de Prevenção e Promoção da Saúde (CPPS) no bairro São Domingos II.

JB: Há comentários que a prefeitura está executando muitas obras em ano eleitoral. Mas o município não pode parar e, além disso, nos primeiros anos de seu governo, a prefeitura não possuía capacidade de endividamento para executar novas obras. Pode explicar mais sobre isso?

Prefeito Emílio: A prefeitura não possuía capacidade de endividamento, só a partir do início de 2019 passamos a ter capacidade e o município pode começar a planejar todas essas obras que aí estão, sendo os maiores valores os R$ 19 milhões da obra da Beira Rio que está em andamento e os R$ 21 milhões que dependem da aprovação na Câmara de Vereadores. Eu sou muito claro nas minhas colocações, como poderia fazer obras se não havia dinheiro? Então desde o início desse governo, batalhamos muito para sanear financeiramente o nosso município. Trabalhamos muito para baixar o índice da folha de pagamento, pagamos os fornecedores, demos manutenção à cidade para manter em dia a responsabilidade com a folha de pagamento dos nossos funcionários, adquirimos muitos equipamentos, veículos entre outras necessidades para todas as secretarias do nosso município. É bom deixar claro que nenhum governo fez tantas obras de infraestrutura em inúmeras ruas, realizando a drenagem pluvial e recolocando novas lajotas em 90% dessas vias que durante as chuvas ficavam totalmente alagadas.

JB: Os vereadores adiaram para a seção ordinária a votação do projeto de crédito junto à entidade financeira para a super obra de infraestrutura nas principais vias de acesso do Centro da cidade entre outras importantes obras. Qual a importância da aprovação desse projeto para o município?

Prefeito Emílio: Se o projeto não for aprovado, quem perde é a população.
O projeto de R$ 21 milhões contempla vias importantíssimas, que há mais de 16 anos apresentam problemas e que agora os projetos foram todos elaborados dentro das normas, com acessibilidade e sinalização, conforme exige a lei. Se os vereadores pensam no bem da nossa cidade e irão aprovar.

JB: E se a Câmara aprovar o projeto, qual será o próximo passo para realização desse pacote de obras?

Prefeito Emílio: Todos os projetos já estão elaborados. Deverão ser enviados à Caixa Econômica Federal ou ao Banco do Brasil (estamos buscando a menor taxa de juros nessas duas entidades financeiras). Depois de aprovados pelo banco, serão levados à Secretaria do Tesouro Nacional, para também ser aprovado. Após serão realizadas as licitações, para poder iniciar as obras.

JB: O seu governo foi o que mais sofreu com ataques de fake News (notícias falsas) – até porque antes as redes sociais ainda engatinhavam. O que o Sr. pensa sobre esses ataques?

Prefeito Emílio: Esses ataques são realizados por pessoas com motivações políticas, que trazem inverdades para a população, com o intuito de atacar o governo. No entanto, todo o trabalho que está sendo realizado não condiz com o que é colocado.
Os cidadãos navegantinos estão vendo que há um interesse por trás dessas pessoas que espalham notícias falsas, pois estão vendo as inúmeras obras e o trabalho que está sendo desenvolvido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *