Navegantes promove ações de arborização para uma cidade com responsabilidade ambiental

NAVEGANTES PROMOVE AÇÕES DE ARBORIZAÇÃO COM RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

Uma sociedade preocupada com o Meio Ambiente, uma vida sustentável numa cidade de paisagem bonita na presença das flores e toda arborizada. Essa foi a frase do prefeito Emílio Vieira em uma das reuniões no gabinete com a equipe da FUMAM – Fundação Municipal do Meio Ambiente.

Quem me conhece sabe o quanto gosto das flores, das praças com árvores e jardins. Uma cidade arborizada tem um grande valor, sendo assim, a FUMAM está com um projeto importante de arborização da Quaresmeira, árvore símbolo do município, conforme decreto 491 de 2017. Quero também destacar a ação dessa semana no plantio de dezenas de mudas nativas e os novos projetos de arborização, enfatizou o prefeito.

A Superintendente da Fundação do Meio Ambiente, Heloísa Cristina Flores, explicou sobre a ação, em que foram plantadas 37 mudas ao longo da via portuária.

Os nossos próprios servidores efetivos plantaram as mudas com o apoio da Secretaria de Obras. Foram plantadas 37 mudas nativas: grumixama, pitangueira, quaresmeira, ipê amarelo, pata de vaca, aroeira e guabiju, explicou a superintendente.

A arborização traz muitos benefícios para a cidade, desde o conforto térmico, afinal as árvores são comparadas com climatizador nos dias quentes e também aumento da umidade relativa, diminuição da poluição sonora, prevenção de alagamentos, valorização imobiliária, aumento do turismo, incentivo econômico e outros benefícios ecológicos.

Vale destacar, que arborizar uma cidade não significa sair plantando árvores e que se faz necessário muita responsabilidade no plantio por meio de projetos baseados em estudos e com a avaliação de profissionais especializados na área, afinal são vários aspectos com o cuidado no plantio para uma cidade com responsabilidade ambiental.

O engenheiro agrônomo da FUMAM, Marcos Leandro, destaca a importância de incentivar e orientar a população no plantio das mudas de espécies nativas. Trata-se de uma contribuição com a qualidade do meio ambiente e bem-estar da população, sem comprometer o desenvolvimento econômico da cidade, além de preservar a biodiversidade da mata atlântica. No Dia da árvore, 21 de setembro, vamos fazer mais um mutirão de plantio, informa o engenheiro.