VIOLÊNCIA DOMÉSTICA TERMINA COM MORTE EM NAVEGANTES

Na noite desta quinta-feira (31), por volta das 18h, na rua Thomé José da Ventura no bairro São Paulo em Navegantes, após um ato de violência doméstica acabou em morte.

Segundo a Polícia Militar um homem de 30 anos estava agredindo sua companheira de 19 anos com golpes de facão. Ao chegar no local, a PM se deparou com as agressões desferidas pelo homem, que apresentava comportamento descontrolado, instante em que os policiais militares tentaram conversar com o agressor, porém sem sucesso.

Mesmo com a presença policial, e dos pedidos da própria genitora para que entregasse o facão aos policiais, o homem não se intimidou e desferiu outros golpes contra a mulher, sendo que um deles atingiu com a lâmina sua perna esquerda, provocando um ferimento profundo no local.

Apesar dos disparos de elastômero efetuados pelos policiais (munição menos letal, conhecida por “bala de borracha”), não se mostraram suficientes para cessar as injustas agressões, pois o homem continuava com comportamento agressivo, partindo para cima de sua companheira lesionada e dos policiais, instante em que a guarnição não teve alternativa senão efetuar disparos com munição letal, que atingiram o agressor na região peitoral, neutralizando-o.

Acionado o socorro pré-hospitalar, o Bombeiro Militar compareceu no local da ocorrência e constatou o óbito do agressor, enquanto que a vítima das agressões foi conduzida ao hospital municipal de Navegantes e apesar da gravidade dos ferimentos não corre risco de vida.

A Polícia Civil e o IGP/IML estiveram no local para as providências de suas respectivas atribuições.

O homem em óbito registrava antecedentes criminais por violência doméstica contra a genitora, porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma efetuado contra policiais alguns anos atrás.